Coordenadora Pedagógica

Coordenadora Pedagógica
Coordenadora Pedagógica Maísa

terça-feira, 27 de agosto de 2013

APRENDENDO COM OS POEMAS

EM CONVITE, O POETA JOSÉ PAULO  PAES  ESCREVE:
“ POESIA É BRINCAR  COM PALAVRAS
COMO SE BRINCA COM BOLA, PAPAGAIO, PIÃO
SÓ QUE BOLA, PAGAGAIO, PIÃO GASTAM,
AS PALAVRAS NÃO...”
A leitura de poemas pode proporcionar ás crianças momentos de intenso prazer no contato com a linguagem. Aprende-se muito sobre a língua lendo, ouvindo, recitando ou se deliciando com os sons as rimas presentes em um poema. Recentemente, diferentes autores têm  mostrado que a relação entre o oral e o escrito presente nos textos poéticos revela-se um aspecto importante para o aprendizado da língua  e do sistema de escrita pela criança.
Preparei atividades com o poema BONECA DE PANO da professora Catarina do Carmo Sigarini da Silva. Você pode trabalhar outros poemas, pode confeccionar bonecas e bonecos de pano para  com as crianças, pode confeccionar ainda vários outros brinquedos com sucatas, massinhas,  trabalhar com os gêneros textuais, texto informativo e receitas.             

domingo, 4 de agosto de 2013

CANTIGAS E PARLENDAS E O APRENDIZADO DA LÍNGUA

A escola é um espaço privilegiado de encontros: da criança com outras crianças, da criança com os adultos. É na escola que terão oportunidade de conhecer uma diversidade de materiais, que vão ampliar seus conhecimentos e dar acesso aos saberes. É na escola que temos a chance de criar um contexto favorável para que ampliem sua experiência com a linguagem.
A fácil memorização dos textos como parlenda, poemas, cantigas são um dos principais critérios que norteiam a sua escolha no trabalho com crianças na fase de alfabetização. Sabemos que nas atividades de produção escrita, uma vez garantido o conteúdo do texto (sobre o que fala), as crianças podem se dedicar a pensar mais demoradamente na forma (como se escreve o que se fala). Desse modo, as parlendas são especialmente eficazes nas atividades que ajudam as crianças a refletir sobre a relação fonema – grafema (relação entre o que se fala e o que se escreve). A proximidade sonora entre as palavras que compõem esses textos favorece a reflexão acerca do sistema de escrita, pois fornece pistas importantes às crianças sobre as possíveis letras a serem usadas em cada palavra.
Use e abuse das parlendas Suco Gelado e Rei Capitão e da cantiga O Cravo e a Rosa