Coordenadora Pedagógica

Coordenadora Pedagógica
Coordenadora Pedagógica Maísa

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

ATENÇÃO COLEGAS!

Estou postando mais algumas atividades sobre A BOTA DO BODE, para você que gosta de colar no caderno dos alunos, espero que goste, para vê – las é só clicar aqui.

sábado, 18 de setembro de 2010

A BOTA DO BODE

A literatura tem o poder de estimular e/ou suscitar o imaginário, de responder as dúvidas do indivíduo em relação a tantas perguntas, de encontrar novas idéias para solucionar questões e instigar a curiosidade do leitor. Nesse processo, ouvir histórias tem uma importância que vai além do prazer. É através de um conto e/ou de uma história, que a criança pode conhecer coisas novas, para que efetivamente sejam iniciados a construção da linguagem, da oralidade, idéias, valores e sentimentos, os quais ajudarão na sua formação pessoal.
Os livros de literatura representarão também, para o aluno, textos modelares que certamente os levarão à construção de textos melhores do ponto de vista da ortografia, da morfologia e da sintaxe, além de fornecer-lhes mais idéias para criarem seus próprios textos.
Assim, a leitura inicial poderá, também, suscitar inúmeras atividades de linguagem, levando o aluno ao seu crescimento enquanto leitor e escritor. A partir da história lida, o professor poderá planejar ricas situações de linguagem oral e escrita, envolvendo os alunos de maneira prazerosa, contextualizada, motivando-os para projetos lingüísticos cheios de significados. Dependendo da criatividade do professor e do envolvimento da turma, poderão surgir situações de linguagem oral como jograis, dramatizações, debates, jornais televisivos, entrevistas etc...
Preparei algumas atividades referente ao livro A BOTA DO BODE de Mary França e Eliardo França. Se interessar é só clicar

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

O QUE QUE TEM NA SOPA DO NENÉM?

A escola é um espaço privilegiado para a promoção da saúde e desempenha papel fundamental na formação de valores, hábitos e estilos de vida, entre eles o da alimentação.
Proporcionar um ambiente favorável à vivência de saberes e sabores favorece a construção de uma relação saudável da criança com o alimento.
A promoção de uma alimentação saudável no espaço escolar pressupõe a integração de ações em três campos:
(a) ações de estímulo à adoção de hábitos alimentares saudáveis, por meio de atividades educativas que informem e motivem escolhas individuais;
(b) ações de apoio à adoção de práticas saudáveis, por meio da oferta de alimentação nutricionalmente equilibrada no ambiente escolar e em casa;
c) ações de proteção à alimentação saudável, por meio de medidas que evitem a exposição da comunidade escolar a práticas alimentares inadequadas.
Aproveite esta linda canção A SOPA DO NENÉM do grupo Palavra Cantada para trabalhar esse tema. Espero que goste. E só gostar é só clicar aqui.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

PRIMAVERA NA CIDADE AMADA

A maioria das crianças leva flores para a professora todos os dias. È uma ótima oportunidade para se explorar nomes das flores, origem, perfume e fazer desse gesto tão carinhoso das crianças um projeto de sala, monta com as crianças um mural com as descobertas.
Aproveite para conhecer e aprofundar o Hino da nossa cidade, reconhecendo as belezas naturais das flores, frutos e todo colorido encontrado em nosso meio ambiente durante a primavera; trabalhe ainda a interação social, oportunizando a construção da cidadania com pequenos gestos de cuidados e preservação da natureza.
Mostre para as crianças o mapa do Brasil e suas regiões. Explique que em cada pedacinho do país existe um pouco da natureza e que devemos preservá-la. Coloque o CD do Hino a Corumbá e explique adequadamente com linguagem simples o que significam alguns trechos da música.
Enfatize o trecho a seguir.
...e quando teus horizontes
A frouxa luz do poente
se matizam de mil cores
de saudade fica presa
nossa alma juvenil.
Permitam que façam diálogos, registre todas as informações trazidas pelas crianças e explique o que significa o trecho. Leve-as a refletir sobre o que encontramos na natureza. Trabalhe a vegetação da região, o que encontram durante o percurso até a escola ou durante os passeios realizados pelas famílias. Realize pesquisa na internet sobre pintores que retrataram flores e faça a releitura de algumas, respeitando as capacidades e habilidades dos pequenos.
Prepare canteiros, recortando garrafas pet, distribua sementes simples de flores, faça as covinhas e oriente cada criança a jogar suas sementes e preencher com terra até cobri-las. Elas devem, diariamente, observar e cuidar de suas plantinhas para que floresçam, transformem a escola em um ambiente mais alegre, perfumado, colorido e bonito. Estas atividades, além de trabalhar a conscientização do cuidado com o meio ambiente e com a cidade, trabalha a interação entre os estudantes, que provavelmente serão socializadores desses aprendizados com seus familiares.
Abraços!
Maísa
Quer ver as atividade da "Primavera na cidade amada"? Então, clique aquí